Através do módulo do contador, o seu contador pode ter acesso aos dados necessários para realizar as tarefas contábeis.

Será permitido ao contador:

  • Realizar o download das Notas Fiscais emitidas e recebidas;
  • Parametrizar impostos como ICMS, PIS e COFINS;
  • Parametrizar impostos por NCM, bem como definir MVA para cálculo de Substituição Tributária;
  • Cadastrar Parametrizações Genéricas;
  • Cadastrar Informações Complementares;
  • Gerar SPED Fiscal e Contribuições.

Ao acessar o sistema, o contador vai ter acesso aos menus do sistema que contêm essas informações.

Na aba Contador, ele terá acesso à todas as notas fiscais, assim será possível extrair os seus xmls por um determinado período, além do resumo de valores das notas e os valores de débito e crédito dos impostos.

No aba Cadastros, ele terá acesso as seguintes funções:

Classificação fiscal: Onde se encontram todos os NCMs usados nos produtos em estoque. Assim é possível fazer a parametrização dos impostos para cada NCM. Para mais detalhes de como fazer essa parametrização, acesse nosso artigo: Parametrizando os impostos por NCM.

Benefício fiscal: Onde você consegue indicador os códigos de benefício fiscal. Para mais detalhes de como fazer essa parametrização, acesse nosso artigo: Benefício Fiscal.

Alíquotas nacionais: Onde se encontram os campos de alíquota de PIS e COFINS.

Alíquotas de ICMS: Onde se encontram todas as alíquotas de ICMS para cada estado. Por padrão o sistema já traz essa informação, porém os campos são editáveis.

Informações complementares: Onde é possível cadastrar diferentes informações complementares para saírem nas notas. Depois de cadastrada, a informação pode ser selecionada no momento de emissão da nota fiscal. O sistema tem atalhos que trazem os valores automaticamente no momento que a nota é gerada, como o atalho de percentual de aproveitamento de crédito, por exemplo.

Parametrizações: Onde é possível criar um tipo de parametrização para ser aplicada em um determinado tipo de nota. Ao fazer uma nota padrão, o cliente consegue selecionar a parametrização que vai ser aplicada. As opções de parametrização são iguais às do campo de parametrização do NCM, porém essa parametrização em cima de toda a nota. Um exemplo de parametrização é para nota de bonificação, onde as tributações são diferenciadas.

OBS: Para usar essa parametrização, a nota precisa ser por Operações> Notas fiscais, gerar Nf-e> Nf-e padrão.

Na aba de Relatórios, ele terá acesso ao relatório financeiro da empresa de acordo com o plano de contas financeiro, por datas de competência ou até mesmo por fornecedor.

Na aba de CAIXA, ele terá acesso a configuração de NFC-e. Para mais detalhes de como fazer essa parametrização, acesse nosso artigo: Como realizar a configuração para emissão de NFC-e.

Na aba de FISCAL, ele terá acesso as informações para geração do arquivo SPED. Para mais detalhes de como fazer essa parametrização, acesse nosso artigo: Como gerar um arquivo Sped?.

Encontrou sua resposta?