A Nota Fiscal Complementar de importação é emitida para acrescentar dados e valores que antes não foram informados no documento fiscal original.

Desse modo, o contribuinte deverá emitir nota fiscal eletrônica complementar quando no documento fiscal original constar quantidade de mercadoria e/ou valor dos produtos e/ou impostos inferior ao da efetiva operação.

Assim essa NF-e corresponderá a diferença ou falta na quantidade ou valor, fazendo constar na mesma o motivo de sua emissão e a referência da nota fiscal original.

Dessa forma para criação da NF-e Complementar de importação no sistema Comex NF-e, utilizaremos o exemplo de um complemento da taxa da Marinha Mercante (AFRMM):

- O primeiro passo é ir no menu Operações>Declarações de importação, clicar no botão azul "Importar XML da DI" e importar o XML da DI que deseja complementar.

- Em seguida, vá na sua DI e clique em seta ao lado de Gerar NF-e>Alterar. Você precisará zerar todos os valores que foram puxados ao importar o XML, e acrescentar apenas o valor que faltou informar na nota original, ou a diferença no caso de o valor discriminado na nota original ter sido menor que o valor devido de fato, feito isso clique em "Salvar".

- Agora no menu de contexto da DI selecione a opção "adições", apague todas as adições que a DI original tem, e crie uma nova, com todos os impostos zerados, pois nós a utilizaremos para acrescentar um único produto.

- Feito isso, você precisa cadastrar um produto nessa adição, clicando em produtos, "Cadastrar" (visto que toda nota fiscal precisa ter ao menos um produto vinculado). Esse produto terá o código chamado "COMPLEMENTAR" e a descrição será uma breve explicação do que se trata o complemento (nesse caso será utilizada a descrição "NF-e COMPLEMENTAR DE TAXA AFRMM"). O valor será R$ 0,00 e o NCM será 0000.00.00.

adicao1.gif

-----

produto1.gif

- Depois disso, clique em gerar NF-e e clique no número da nota que foi gerada, ele é um link que te direcionará para o menu operações, Nota Fiscal e criará um filtro com o número dessa nota.

- A nota estará com status finalizada e pronta para transmitir, mas ainda não deverá ser transmitida, pois você precisará fazer alguns ajustes importantes. Então no menu de contexto da nota clique em "Reabrir", em seguida, abra novamente o menu de contexto da nota e escolha a opção "Alterar".

- Altere a finalidade da emissão para "NF-e Complementar", desça a tela até o campo Notas Fiscais Referenciadas, clique no botão adicionar um campo e coloque o número da Chave de Acesso da nota de entrada que foi gerada originalmente pela DI, esse número deverá ter 44 números e não ter nenhum espaço entre eles, passe então para as informações complementares, é necessário acrescentar a informação de que essa nota é uma nota complementar da nota de entrada em questão.

- Por fim, salve a nota, finalize-a, verifique a prévia Danfe e transmita.

Veja também o treinamento de como emitir uma NF-e Complementar de Importação, ministrado pela nossa supervisora de atendimento, Lorrayne Cristina no nosso canal do YouTube.

Treinamento de NF-e Complementar de Importação

Encontrou sua resposta?