Com essa nova funcionalidade você poderá monitorar e consultar a tributação de suas classificações fiscais. Tendo mais facilidade e agilidade para realizar a gestão tributária do seu produto, com mapeamento e monitoramento das alterações que impactam a rotina do seu negócio.

👉 Mais sobre NCM e a importância para sua empresa

Mas antes de usar essa funcionalidade é necessário que o cadastro da sua empresa esteja completo no sistema, inclusive as informações do campo de Monitoramento tributário.

Tipo de estabelecimento: Em qual tipo se encaixa a sua empresa

Indicador de atividade: Industrial ou equiparado a industrial = Será verificado os resultados relativos a alíquota de IPI/TIPI. Outros = Não será verificado os resultados relativos a alíquota de IPI/TIPI.

Tipo de Regime de ST em Operações Internas: Substituto = Caso o produto seja sujeito a substituição tributária em operação interna os resultados com valores de percentual de MVA serão apresentados. Substituído = Caso o produto seja sujeito a substituição tributária em operação interna os resultados com valores de percentual de MVA não serão apresentados. Ambos = Caso o produto seja sujeito a substituição tributária será apresentado os resultados de (Substituto) e (Substituído)."

IMPORTANTE: essas informações influenciam diretamente na tributação que será apresentada no monitoramento.

Agora vá no menu Usuário>Configurações, na aba de Integrações e ative a funcionalidade de Consulta de Tributação por NCM.

Após a ativação, vá para o menu FISCAL>Parametrização por NCM.

Na listagem de classificações fiscais aparecerá duas novas colunas Monitoramento tributário ativado? e Tributação aplicada em. A primeira indica o status do monitoramento da tributação, e a segunda indica quando foi a última aplicação da tributação às parametrizações da classificação fiscal.

Existem três status para a coluna de Monitoramento tributário ativado? que são Não!, Aguardando e Sim. Cada status tem uma caixa de informação indicando o que deve ser feito. Na coluna de Tributação aplicada em vai ser informada a data que a tributação foi aplicada naquela classificação fiscal.

  • Como ativar o monitoramento

Para solicitar o monitoramento da classificação fiscal, bastar escolher a classificação (NCM) e clicar em seta ao lado de Visualizar>Monitorar.

Para solicitar o monitoramento de várias classificações fiscais ao mesmo tempo, clique em ações em massa e selecione a opção Monitorar.

Após a solicitação, o status do monitoramento da classificação fiscal irá para Aguardando. Atualize a página dentro de alguns instantes para verificar se o monitoramento tributário está sendo realizado. Após o retorno dos dados monitorados o status ficará como Sim.

Com isso, basta clicar em seta ao lado de Visualizar>Consultar tributações.

O monitoramento vai trazer os resultados tributários para cada estado. Mas pode acontecer de um estado ter mais de um resultado encontrado.

Quando só existir um resultado por estado, o sistema já deixará esse resultado selecionado por padrão. Se tiver mais de um resultado por estado, será preciso definir qual resultado se aplica à sua operação.

Para facilitar o sistema também informará logo de início os estados que tiveram mais de um resultado encontrado.

Dentro de cada resultado tem o botão de Condições, onde será apresentado as legislações aplicadas naquele resultado.

Depois de todos os resultados escolhidos para cada estado, basta clicar em Aplicar essa tributação as parametrizações deste NCM.

IMPORTANTE: a escolha do resultado de IPI e de PIS/COFINS continua sendo feita uma vez só e sendo replicada para todos os estados, pois são impostos federais.

  • Monitoramento de informações de MVA

Para que seja retornado do monitoramento os valores de MVA (Margem de Valor Agregado) e para cálculo da substituição tributária do ICMS, é necessário que a classificação fiscal tenha a informação do CEST (Código especificador da Substituição Tributária).

Ou seja, se o seu produto tem MVA, para que esses valores sejam monitorados é necessário que informe o CEST dentro da classificação(NCM) antes de monitorar.

IMPORTANTE: se o monitoramento for feito sem a informação de CEST, não será possível desfazer o monitoramento para editar as informações.

Ao clicar para ativar um monitoramento tributário em uma classificação fiscal, você será avisado se aquela classificação não tiver a informação do CEST (como explicado acima). E também será avisado do CEST que está será usado para o monitoramento daquele classificação fiscal.

IMPORTANTE: se o monitoramento for feito para o CEST apresentado, não será possível desfazer o monitoramento para editar as informações.

  • Classificação fiscal monitorada

Não será mais possível desfazer um monitoramento ativo em uma classificação fiscal, por isso é extremamente importante que a resolução das pendências seja feita com atenção.

Você também pode usar o filtro para localizar algum estado específico de maneira mais rápida.

Depois da aplicar as tributações nas parametrizações dos NCMs você pode visualizar como ficou as informações clicando em Visualizar. Para saber a tributação de cada estado, basta ir no estado e clicar em Detalhar.

Você pode editar o cenário escolhido a qualquer momento, basta clicar em Consultar Tributação e aplicar a tributação escolhida novamente.

IMPORTANTE: a parametrização fiscal feita na classificação só é usada para notas feitas através do pedido de venda.

Todo agradecimento aos nossos usuários que contribuem com sugestões através dos nossos canais de atendimento. Saibam que estamos sempre lendo, classificando e usando como base para futuras melhorias do nosso sistema.
Vocês são fundamentais para o nosso crescimento! 💙

Espero que tenham gostado das novidades!

Outros links úteis:

👉 NCM para autopeças: Os riscos de uma classificação errada

👉 Nota Fiscal de Importação: saiba o que é e como emitir

👉 O Importador: guia definitivo para importar produtos

Encontrou sua resposta?