A recuperação de impostos é diferente para cada empresa e os cálculos dependem do regime tributário em que ela está inserida, ou seja, nem toda empresa tem esse direito. Por isso, é muito importante verificar a legislação e ter a ajuda de um profissional da área de finanças e contabilidade para analisar e ver se a sua empresa pode fazer uso desse benefício.

  • Definindo impostos que são recuperáveis

Por padrão, o sistema já subtrai alguns impostos da nota de terceiro de acordo com o regime da empresa. Com isso, esses impostos não são levados em consideração na composição do custo do produto no estoque.

Mas você pode definir os impostos que deseja indo em Usuário>Configurações, na aba de Estoque e na opção Defina quais impostos são recuperáveis e não entrarão no custo das mercadorias nas NF-es de terceiros.

Outro ponto importante para quem recupera PIS e COFINS é escolher quais alíquotas serão usadas no cálculo de abatimento desses impostos. Por padrão, o sistema abate com base nas alíquotas e valores que estão na nota de terceiro, mas você pode configurar para usar as alíquotas da sua empresa. Para isso, basta ir na mesma aba de Estoque e na opção Ao recuperar PIS e COFINS, quais valores devem ser usados? escolher a opção Calcular os valores com minhas próprias alíquotas.

Com isso, ao incorporar as notas de terceiros no seu estoque os custos das mercadorias serão calculados com base nas configurações definidas.

  • Definindo custos que entrarão na composição do custo do produto

Além de poder configurar os impostos recuperáveis que não serão considerados como custos, você também pode configurar os valores extras que podem vir nas suas notas como custos. Como o frete, seguro e outras despesas.

Para isso, basta ir em Usuário>Configurações, na aba de Estoque e na opção Defina quais custos serão considerados na composição do preço das mercadorias nas NF-es de terceiros.

Com isso, esses valores da nota serão rateados entre os produtos para a composição do seu custo.

Para saber como incorporar os produtos das notas de terceiro no estoque é só clicar no artigo abaixo.

IMPORTANTE: Não esqueça de verificar a legislação e ter a ajuda de um profissional da área de finanças e contabilidade para analisar e ver se a sua empresa pode fazer uso desse benefício.

Encontrou sua resposta?