O processo logístico de toda empresa deve ser devidamente construído e pensado para se obter os melhores resultados, por se tratar de uma das áreas mais sensíveis e que pode levar o negócio à falência.

O controle de estoque é muito importante para manter o negócio saudável e pensando nisso a Mainô desenvolveu o Check-out de pedidos. Essa funcionalidade está diretamente ligada à operação de conferência dos produtos relacionados aos pedidos de venda para encaminhar eles para expedição evitando possíveis erros de conferência e dando mais segurança ao processo.

Primeiro é necessário ter o pedido de venda gerado e com a funcionalidade ativa, o sistema vai deixar uma tag ao lado do pedido com o nome de Aguardando conferência e o pedido não tem a opção de gerar NF-e.

O próximo passo é acessar o menu CRM, submenu Checkout de Pedidos. A tela vai apresentar a listagem de pedidos selecionados que já foram checados ou ainda estão em processo de checagem.

Para adicionar o pedido para checagem, basta clicar no botão Registrar nova conferência, em seguida Insira o número do pedido e Prosseguir.

Agora é só preencher o código do produto, pode ser manualmente, copiando e colando ou usando leitor de códigos de barras e em seguida a quantidade do produto conferido.

Caso seja necessário parar a checagem desse pedido e depois retornar, o sistema armazena a conferência já feita e permite que você retorne clicando no botão Conferir.

Quando a conferência não é finalizada, a tag na tela de pedido de venda é atualizada para Conferência em andamento.

Assim que clicar em conferir, a tela de conferência vai abrir novamente e permitir a continuação da checagem do pedido.

Lembrando que toda conferência feita, além de mostrar os status, também fica registrado o usuários que fez a checagem dos itens, dessa forma o processo se torna mais seguro e confiável.

Depois do pedido conferido no submenu Check-out de pedidos, é só acessar o submenu Pedidos de venda, agora o sistema apresenta o pedido com a tag Conferido, aguardando nota fiscal, assim se torna possível a geração da NF-e para transmissão e posterior entrega ao cliente.

Esperto ter ajudado!

Encontrou sua resposta?