Em alguns estados, o governo pede que a ST (Substituição Tributária) seja recolhida já na operação de importação. Quando isso ocorrer, você precisará informar a MVA (Margem de Valor Agregado) nas adições que possuem substituição.

👉 O que é Substituição Tributária?

Após importar o XML da DI, na tela de alterar em "Descrição do ICMS", marque a opção "Esta DI possui tratamentos de ICMS diferenciados por adição" e em seguida clique em "Informar ICMS por adição". O sistema, por padrão, entende que o ICMS é o mesmo em todas as adições. Marcando esta opção, você informa ao sistema que o ICMS varia de acordo com as adições.

O sistema irá listar todas as adições, onde você pode especificar o MVA em cada uma delas, informando no campo chamado "MVA Padrão".

Caso seja a mesma MVA em todas as adições ou em sua maioria, você pode informar no primeiro campo acima da lista das adições que será replicado à todas elas, sendo necessário informar apenas nas que diferem da maioria 🙂

Ao finalizar, clique em Salvar.

Feito isso, você pode conferir as demais informação da sua DI e gerar a nota fiscal de entrada! 🙌

Outros links interessantes para você:

👉 O que é a declaração de importação?

👉 Como emitir a declaração simplificada de importação?

👉 DUIMP: tudo sobre a Declaração Única de Importação

Encontrou sua resposta?