Este registro tem o objetivo de identificar as contas contábeis utilizadas pelo contribuinte em sua Escrituração Contábil, relacionadas às operações representativas de receitas, tributadas ou não, e dos créditos apurados.

O Plano de Contas é o alicerce básico da escrituração contábil, sendo que é com sua utilização que se estabelece o banco de dados com informações para a geração de todos os relatórios e livros contábeis.

Como consigo as informações do plano de contas utilizado na minha escrituração? Com seu contador.

Em posse dessas informações, acesse o menu Contábil, submenu Plano de Contas e em seguida clique no botão azul "Cadastrar".

Agora é o momento de preencher os campos necessários para o cadastro de cada conta do plano de contas:

As contas analíticas são aquelas que representam os elementos patrimoniais no maior grau de detalhamento. O saldo deste tipo de conta é conseguido através dos lançamentos realizados no financeiro, ou seja, recebem diretamente o valor lançado.

Já as contas sintéticas são aquelas cujo saldo é calculado através da soma de duas ou mais contas analíticas.

Exemplo:

Bancos conta Movimento = conta sintética
Banco A = conta analítica
Banco B = conta analítica

Nível: quantidade de casas que se encontra la no código. EX. 3.1.01.02.001 (CADA CASA É UM NÍVEL) ENTÃO É NÍVEL 5

Código: este é o código que se encontra na planilha de plano de contas ex. 3.1.01.02.001

Nome: nome que esta descrito a entrada

Exemplo: Venda a vista

Código da conta no Plano de Contas Referenciado na RFB: Código da receita equivalente ao código usado na escrituração da sua empresa caso não use os códigos padrões.

Agora com todas as contas cadastradas chegou a hora de vincular essas contas aos CFOPs das suas notas fiscais de entrada e saída.

Para isso clique em:

Depois clique no botão azul "Cadastrar", realize o vínculo e clique em "Salvar".

Pronto! Já pode gerar seu Sped Contribuições despreocupado :)

Encontrou sua resposta?