Esse rejeição pode ocorrer em duas situações:

Primeira situação:

Quando for emitida uma NF-e com o Código de Situação Tributária do ICMS (CSOSN para empresas do Simples Nacional) igual à:

  • 102 - Tributada pelo Simples Nacional sem permissão de crédito;
  • 103 - Isenção do ICMS no Simples Nacional para faixa de receita bruta;
  • 300 - Imune;
  • 400 - Não tributada pelo Simples Nacional;
  • 900 - Outros (a critério da UF).

e o CFOP for diferente de:

  • 5.101 - Venda de produção do estabelecimento;
  • 5.102 - Venda de mercadoria de terceiros;
  • 5.103 - Venda de produção do estabelecimento, efetuada fora do estabelecimento;
  • 5.104 - Venda de mercadoria adquirida ou recebida de terceiros, efetuada fora do estabelecimento;
  • 5.115 - Venda de mercadoria de terceiros, recebida anteriormente em consignação mercantil;

Segunda situação:

Quando for emitida uma NF-e com o Código de Situação Tributária do ICMS (CSOSN para empresas do Simples Nacional) igual à:

  • 500 - ICMS cobrado anteriormente por substituição tributária (substituído) ou por antecipação.

e o CFOP for diferente de:

  • 5.405 - Venda de mercadoria de terceiros, sujeita a ST, como contribuinte substituído;
  • 5.656 - Venda de combustível ou lubrificante de terceiros, para consumidor final;
  • 5.667 - Venda de combustível ou lubrificante a consumidor ou usuário final estabelecido em outra unidade da Federação.

Como resolver?

Nas duas situações, para a correção, será necessário alterar o CFOP ou o Código de Situação Tributária do ICMS. Em caso de dúvidas, consulte seu contador.

Para fazer a alteração do CFOP, execute os seguintes passos:

  • Acesse o menu Operações, submenu Nota Fiscal e certifique-se que a situação da NF-e esteja "Em Digitação". Caso esteja como "Finalizada", selecione a opção "Reabrir" no menu de contexto da nota.
  • Em seguida nesse mesmo menu clique na opção "Alterar".
  • Informe o CFOP correto e salve.

Para fazer a alteração do Código de Situação Tributária do ICMS, execute os seguintes passos:

  • Acesse o menu Operações, submenu Nota Fiscal e certifique-se que a situação da NF-e esteja "Em Digitação". Caso esteja como "Finalizada", selecione a opção "Reabrir" no menu de contexto da nota.
  • Em seguida nesse mesmo menu clique na opção "Produtos".
  • Selecione todos os produtos e clique em "Parametrizar nota fiscal".
  • No bloco "ICMS" haverá a opção Situação Tributária. Altere para uma das opções acima e salve.

Feitas as alterações necessárias pode finalizar a nota e transmiti-la normalmente.

Encontrou sua resposta?